Álcool gel adulterado: saiba identificar e evite ser enganado

Desde o início da pandemia, muitas marcas de álcool gel surgiram e, por isso, pode ser difícil identificar um álcool gel adulterado.

Portanto, trouxemos para você algumas dicas para reconhecer quando o produto tem qualidade real e quando você pode estar sendo enganado.

Leia nosso artigo até o final e saiba mais a respeito do assunto!

Veja como reconhecer um frasco de álcool gel adulterado

Antes de tudo, observe o rótulo do produto. Verifique se as informações necessárias estão impressas ali: validade, CNPJ, lote, autorização para comercialização, profissional técnico responsável, instruções de uso etc.

Em alguns casos, quando o álcool está disponível para uso em locais públicos, como totens onde não é possível visualizar a embalagem, preste atenção em outros detalhes.

Por exemplo:

  • O cheiro do álcool, quando está muito forte, pode indicar que ele não foi diluído da maneira correta.
  • Se o álcool for líquido o suficiente para ser usado em spray, ele pode não ser adequado para uso diretamente na pele, sendo mais indicado para a higienização de superfícies.
  • Caso já esteja habituado a utilizar álcool gel de outras marcas, compare as texturas. Elas devem ser semelhantes. Caso seja muito diferente, desconfie!

Saiba o que fazer após perceber que utilizou álcool gel adulterado

Em primeiro lugar, ao notar que utilizou álcool gel adulterado, procure lavar bem as mãos, evitando que os resíduos do produto continuem em contato com a sua pele.

Isso porque, uma vez que o produto foi adulterado, pode haver nessa mistura algum ingrediente que faça mal à sua pele.

Por isso é importante não utilizar álcool gel adulterado ou, caso utilize sem saber, higienizar corretamente as mãos logo depois, utilizando água e sabão.

Se tiver informações sobre o local onde o produto foi adquirido, é importante checar a procedência junto ao estabelecimento também. E, se for o caso, cabe denúncia aos órgãos competentes de fiscalização.

Além de estar atento quanto ao risco de adquirir e utilizar álcool gel adulterado, é importante não fazer misturas caseiras de álcool líquido com outros ingredientes a fim de obter álcool gel.

O uso dessas misturas caseiras com a finalidade de higienizar as mãos pode ser tão prejudicial quanto utilizar álcool gel adulterado por empresas.

E, em todos os casos, quando o álcool é adulterado, o objetivo principal que é higienizar e eliminar vírus e bactérias, não é alcançado.

Portanto, quando a intenção é proteger a saúde e higienizar mãos e superfícies, é importante utilizar o tipo correto de álcool e, principalmente, ter certeza de que não se trata de um álcool gel adulterado. Segurança em primeiro lugar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.